IDR-Paraná incentiva a legalização de agroindústrias
11/12/2020 - 08:20

Até dois anos atrás muitas famílias de Marquinho, região de Laranjeiras do Sul, lidavam com a transformação de alimentos, mas enfrentavam grandes limitações no momento de vender os produtos. A falta de uma boa apresentação ou o descumprimento de exigências sanitárias dificultavam a comercialização. Um trabalho conjunto da Secretaria Municipal de Agricultura, Vigilância Sanitária e Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná - Iapar-Emater (IDR-Paraná) deu novas perspectivas e abriu novos mercados para a produção dessas famílias.

Para conseguir mais clientes, os produtores de Marquinho passaram por cursos de capacitação para melhorar o trabalho que vinham fazendo. Eles também tiveram informações sobre as instalações, exigências legais e apresentação dos produtos. Os servidores do IDR-Paraná orientaram as famílias sobre como aproveitar melhor o que havia na propriedade. De acordo com Milena Mateus, engenheira agrônoma do IDR-Paraná de Marquinho, a iniciativa passou a valorizar as agroindústrias locais. “Com esse trabalho conseguirmos aumentar a agregação de valor aos produtos familiares e destacamos as receitas tradicionais de produtos coloniais”, observou a extensionista.

Marquinho não tinha agroindústria, mas este trabalho proporcionou a criação, em 2019, de seis agroindústrias. Cinco começaram a produzir massas e panificados, e uma queijos coloniais. Neste ano mais seis empreendimentos agroindustriais já foram instalados: três de processamento de vegetais, dois de panificação e um de embutidos cárneos. Os extensionistas orientam desde a construção dos espaços, seguindo as exigências da Vigilância Sanitária, até a elaboração de rótulos dos produtos e o apoio à comercialização. Com isso os produtores conquistaram o comércio local. Eles também passaram a atender programas de compras públicas (Programa de Aquisição de Alimentos - PAA e Programa Nacional de Alimentação Escolar - PNAE), além das feiras livres. De acordo com Milena, a intenção é continuar apoiando e estimulando a legalização das agroindústrias de Marquinho, pois a atividade contribui para aumentar a renda das famílias e ainda dinamiza a economia local.

Reportagem: Roberto Junior Monteiro

Últimas Notícias