Modelo de criação do IDR-Paraná é tema de palestra no encontro de secretários de agricultura
16/09/2021 - 11:02

O presidente do IDR-Paraná (Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná - IAPAR-EMATER), Natalino Avance de Souza, abriu a rodada de palestras do Encontro Paranaense de Secretários Municipais de Agricultura e Meio Ambiente 2021 nesta quarta-feira. O encontro é realizado pela Federação dos Engenheiros Agrônomos do Paraná.  A integração como base para criação do Instituto e os números da evolução da agricultura paranaense foram alguns dos temas abordados pelo presidente durante o discurso. 

Natalino começou falando sobre a rica agricultura paranaense, sua evolução e como nasceu o IDR-Paraná. O Estado do Paraná tem o maior Valor Bruto da Produção (VBP) por hectare do Brasil e o trabalho de pesquisa e assistência técnica contribuiu de forma consistente para este avanço. Ao criar o IDR-Paraná o maior desafio proposto foi exatamente fazer com que as informações adquiridas com os estudos da pesquisa chegassem até o produtor através do trabalho da extensão; e o caminho contrário também; os extensionistas precisam trazer as demandas para os pesquisadores, para que os estudos tenham base no que o agricultor realmente precisa. “O IDR-Paraná nasceu com a proposta de qualificar entregas e acelerar a inovação, recuperar o setor da pesquisa e ser uma empresa modelo de apoio para o desenvolvimento rural do estado”, afirma Natalino.

Natalino também defendeu que o desenvolvimento rural do Paraná depende também, em grande parte, das parcerias firmadas com as prefeituras e entidades que fazem parte do rural paranaense. Estas parcerias podem favorecer para que seja feito um bom diagnóstico do setor e, desta forma, contribuam para que os serviços do Instituto possam ser distribuídos de forma mais assertiva. “Precisamos colocar o atendimento onde precisa realmente. Para isso precisamos saber quem vamos ajudar e como vamos ajudar”, comenta Natalino.
Ao encerrar seu discurso, o presidente do IDR-Paraná reforça que existe um grande esforço interno, na construção do Instituto, para qualificar aquilo que será entregue ao agricultor paranaense.  

O segundo a palestrar foi o chefe do Departamento de Economia Rural (Deral) da Secretaria do Estado de Agricultura e do Abastecimento, Salatiel Turra. O tema foi o programa Banco do Agricultor, programa do Governo do Estado que visa alavancar investimentos por meio da equalização de taxa de juros em diversas atividades agropecuárias. Além de promover inovação tecnológica, sustentabilidade, geração de emprego e melhoria da competitividade do produto paranaense.

Com a intenção de proporcionar a troca de informações entre os secretários de Agricultura e do Meio Ambiente dos municípios paranaenses, o evento reuniu cerca de 100 participantes. De forma híbrida, as palestras iniciaram na tarde de quarta-feira no Mercado Municipal de Curitiba e foram assistidas por 60 secretários de forma presencial e mais 30 de forma online. Mas a programação segue até o final da tarde de sexta-feira com diversas atividades. A abertura do evento foi na quarta, às 18h30, e contou com a presença do secretário estadual de Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara.
 

Reportagem: Francieli Galo