Boletim agrometeorológico do IDR-Paraná de novembro mostra clima mais seco na maior parte do Estado
03/12/2021 - 13:57

Um clima mais seco, interrompido no mês de outubro, retornou ao Paraná em novembro (Figura 1). Em alguns locais da região Noroeste e Campos Gerais, por exemplo, a precipitação total registrada em novembro ficou abaixo de 50 mm.

Boletim agrometeorológico do IDR-Paraná de novembro mostra clima mais seco na maior parte do Estado

Figura 1. Precipitação total em novembro de 2021 no Paraná. Fonte: IDR-Paraná e Simepar

 

Em praticamente todo o Estado as precipitações ficaram abaixo da média histórica, principalmente no oeste paranaense (Figura 2). Em Guaíra, por exemplo, a média histórica é de 196,6 mm e choveu somente 32,6 mm, ficando 164 mm abaixo do esperado para o mês de novembro. Na média de todas as regiões, no mês de novembro chove 152 mm no Paraná (média histórica) e em novembro deste ano choveu apenas 69 mm.

 

Em praticamente todo o Estado as precipitações ficaram abaixo da média histórica, principalmente no oeste paranaense (Figura 2). Em Guaíra, por exemplo, a média histórica é de 196,6 mm e choveu somente 32,6 mm, ficando 164 mm abaixo do esperado para o mês de novembro. Na média de todas as regiões, no mês de novembro chove 152 mm no Paraná (média histórica) e em novembro deste ano choveu apenas 69 mm.

Figura 2. Desvios de precipitações (mm) registradas em novembro de 2021 em relação à média histórica, em alguns municípios do Paraná. Fonte: IDR-Paraná e Simepar. 

 

As chuvas registradas neste mês não foram suficientes para repor a água no solo em grande parte do Estado (Figura 3). As altas temperaturas, que provocam elevadas taxas de evaporação do solo, intensificaram o déficit hídrico, atingindo -70 mm no final do mês em algumas regiões. Somente o Litoral e o Norte Pioneiro encerraram novembro com disponibilidade hídrica positiva no solo.

 

Boletim agrometeorológico do IDR-Paraná de novembro mostra clima mais seco na maior parte do Estado

Figura 3. Déficit/excesso hídrico do solo em 30/11/2021 no Paraná. Fonte: IDR-Paraná e Simepar. 

 

Em decorrência da pouca precipitação, em novembro as temperaturas foram elevadas, com valores acima das médias históricas em todo o Estado. A Figura 4 apresenta a diferença entre a temperatura máxima histórica para o mês de novembro e a máxima em novembro/2021. Observa-se que a média das temperaturas máximas no Paraná foi 1,5 oC acima do esperado. Em Cândido Abreu, por exemplo, a média histórica das temperaturas máximas de novembro é de 29,2 oC e em novembro de 2021 registrou 32,7 oC, permanecendo 3,5 oC acima do esperado para o mês. 

 

Boletim agrometeorológico do IDR-Paraná de novembro mostra clima mais seco na maior parte do Estado

 

Figura 4. Desvios das temperaturas máximas (oC) registradas em novembro de 2021 em relação à média histórica, em alguns municípios do Paraná. Fonte: IDR-Paraná e Simepar

 

Quanto ao efeito do clima nas culturas agrícolas, apesar não terem ocorrido precipitações em quantidades satisfatórias no Paraná, a boa distribuição das chuvas ao longo do mês (Figura 5) favoreceu a agricultura, principalmente em solos bem manejados. Salienta-se que o cultivo e incorporação de plantas de cobertura em sistema de plantio direto melhoram os atributos físicos e químicos do solo, favorece o aumento de infiltração e armazenamento da água, aprofunda as raízes da cultura, reduz a temperatura e a evaporação do solo e mantém a água disponível para as plantas em períodos de estiagens fracas e moderadas. 

 

Figura 5. Precipitação diária em novembro de 2021 em alguns municípios do Paraná. Fonte: IDR-Paraná e Simepar.

Figura 5. Precipitação diária em novembro de 2021 em alguns municípios do Paraná. Fonte: IDR-Paraná e Simepar.  

 

Soja/Milho/Feijão
A semeadura da soja, milho e feijão no Paraná foi finalizada, de acordo com a SEAB/DERAL. De modo geral as culturas apresentaram um bom desenvolvimento no mês de novembro. Em alguns períodos e locais pontuais, com déficit hídrico intenso, o desenvolvimento foi prejudicado. No caso do feijão, as temperaturas elevadas também afetaram a cultura em algumas áreas do Estado.

Arroz
A safra 21/22 do arroz no Paraná foi totalmente implantada, de acordo com a SEAB/DERAL, e apresentou um bom desenvolvimento inicial em novembro. 

Trigo/Cevada
A colheita do trigo e cevada foi concluída. A produtividade e a qualidade foram inferiores às estimadas inicialmente, devido às estiagens, geadas e chuva na colheita. 

Hortaliças
De modo geral as hortaliças tiveram um bom desenvolvimento. 

Frutíferas
As condições de desenvolvimento das frutíferas no Paraná foram satisfatórias no mês de novembro.

Batata/Cebola
Lavouras de batatas e cebolas se desenvolveram satisfatoriamente.

Pastagens 
As pastagens apresentaram um bom desenvolvimento.

 

Elaboração: Equipe de Agrometeorologia do IDR-Paraná, Londrina.
Apoio: Seab e Simepar