IDR-Paraná apresenta inovações tecnológicas durante a Expoingá 2022
29/04/2022 - 08:28

Na próxima semana, no dia 5 de maio, será aberta oficialmente a 48ª Exposição Feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Maringá (Expoingá). Trata-se de um dos maiores eventos do setor agropecuário do Sul do país. O evento é realizado pela Sociedade Rural de Maringá e nesta edição terá o tema “Expoingá conecta você ao novo agro”. A tecnologia, inovações e sustentabilidade ganham ênfase na edição deste ano da feira. 

O IDR-Paraná estará participando ativamente da Expoingá. No espaço Agromuseu serão mostradas diversas tecnologias para os visitantes em unidades didáticas expositivas do Instituto. Além disso, serão realizados diversos cursos e workshops para os produtores e público em geral.

A pecuária tem uma grande importância para a economia estadual. Porém, nos últimos anos vem sendo apontada como uma das principais atividades que produzem gases do efeito estufa. Neste ano, os servidores do IDR-Paraná vão mostrar os reais impactos da pecuária ao meio ambiente e alternativas para diminuir possíveis danos causados pela atividade.  A reforma e recuperação das pastagens, a introdução de novas pastagens cujo sistema radicular fixa o carbono no solo e o plantio de árvores nas áreas de pastagem são algumas sugestões que o visitante poderá ver durante a Expoingá.

A proteção de plantas, melhoria do solo e da qualidade de vida são os temas da unidade de Agroecologia e Horticultura. O visitante poderá conhecer um pouco mais a respeito da produção de compostos orgânicos e bioinsumos. Os servidores também vão orientar o público interessado sobre produção de olerícolas, plantas medicinais e aromáticas em pequenos espaços. Nesta unidade o visitante poderá fazer cursos rápidos para aprender a produzir microrganismos eficientes, compostagem e biofertilizantes aeróbicos. A unidade também conta com uma área de plantio de abacaxi, uma alternativa de renda para o produtor da região.

Uma das diretrizes do IDR-Paraná é contribuir para a conscientização da importância da preservação dos solos e da água. Esta ação se dá junto ao público rural incentivando a implantação de sistemas produtivos sustentáveis, e adoção de práticas como o plantio direto sobre a palha, a rotação de culturas e o uso racional de insumos. Na unidade montada durante a feira, os técnicos vão informar e divulgar ações que o Instituto tem realizado como o MISA (Manejo Integrado de Solos e Água) e a política pública Irriga Paraná para que o produtor possa realizar investimentos em irrigação em condições atrativas.

Até mesmo o Paisagismo tem espaço na Expoingá. A unidade criada pelos servidores propõe aos visitantes mostrar como as plantas podem valorizar as propriedades rurais. O visitante poderá conhecer diversas espécies vegetais que podem ser usadas em sua propriedade. 

Na unidade Organização Rural e Mercado o visitante poderá conhecer o funcionamento do sistema de comercialização de hortifrutigranjeiros, sobretudo o espaço Mercado do Produtor mantido pela Ceasa (Central de Abastecimento S.A.). É mais uma oportunidade de mercado que se abre para a produção familiar.
Interessados em usar energia solar terão técnicos a sua disposição na unidade Energias Renováveis para pres

tar esclarecimentos. A intenção é estimular a produção de energias sustentáveis, reduzindo os custos de produção e aumentando a competitividade agrícola. Além da energia solar, os técnicos também vão abordar a produção de biometano a partir do tratamento de dejetos.

O café não poderia faltar numa feira em Maringá, município que tem sua história intimamente ligada ao ciclo cafeeiro no Paraná. A unidade do Instituto conta com uma pequena lavoura com diversas variedades de café desenvolvidas pela pesquisa do IDR-Paraná. Outra atração é uma sala de torrefação e degustação. Os servidores vão mostrar ainda o trabalho que a pesquisa do IDR-Paraná vem fazendo para desenvolver novas variedades e a importância das torras. O público urbano poderá conhecer detalhes da qualidade do café que consome.

Cursos/Workshops
Para quem se dedica à produção leiteira, olericultura e fruticultura as atividades começam antes da abertura oficial da Expoingá. Durante três dias será realizado o workshop Rochas silicáticas para uso como remineralizadores de solos na agricultura sustentável. O pesquisador Éder de Souza Martins, da Embrapa Cerrados, vai falar sobre o tema. As atividades do workshop começam sempre às 8h e vão até as 17h e serão realizadas nas dependências da Uningá nos dias 04, 05 e 06 de maio.

No dia 05 será realizado o II Fórum de Turismo Rural que vai apresentar experiências do turismo rural e sustentável no Paraná. Todos os proprietários são assistidos pelo IDR-Paraná.  Marinês Walkowski, secretária de Indústria, Comércio e Turismo de Ubirici/SC, vai falar sobre o trabalho desenvolvido no município catarinense.

No dia 07, o IDR-Paraná organiza um dia de campo sobre o Sistema de tutoramento e adensamento em espaldeira no cultivo de pitaya. A prática assegura produtividade e qualidade para os cultivos da fruta. O dia de campo será realizado em uma propriedade em Marialva, no km 3,5 da Estrada Vieira. Eduardo Agostinho dos Santos, do IDR-Paraná, e Dejalmo Nolasco Prestes, especialista em pitaya, vão conduzir as discussões. O início do dia de campo está marcado para as 13h.

No dia 10, a partir das 9h, o auditório do Parque será o local de uma discussão sobre os Desafios e Oportunidades para o Desenvolvimento Econômico dos Municípios. Marciano Vottri, presidente da Comissão de Agropecuária e Meio Ambiente da AMSOP (Associação dos Municípios do Setentrião Paranaense) vai apresentar informações sobre o trabalho feito junto aos Serviços de Inspeção Municipais (SIMs) para regularizar agroindústrias de diversos municípios da região Sudoeste do estado que aderiram ao Susaf-PR (Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar, Artesanal e de Pequeno Porte). No mesmo dia, a partir das 14h, a extensionista Karolinne Marques da Silva, do IDR-Paraná, vai falar sobre a estruturação dos SIMs para a adesão ao Susaf-PR.

No dia 11 a agenda começa pela manhã, às 9h, com o Encontro RenovaPr - Energia Renovável Para Todos, com a presença do secretário estadual da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara. O Programa Paraná Energia Rural Renovável apoia a geração distribuída de energia elétrica a partir de fontes renováveis, em especial biomassa e energia solar, em unidades produtivas. Durante o encontro os participantes poderão conhecer as facilidades que o programa oferece para a exploração de fontes alternativas de energia na propriedade rural.

No dia 13 o Centro de Eventos vai sediar o Encontro de produtores de leite, a partir das 9h. Participarão dos debates o zootecnista Leonardo Salles Esteves da Costa, o médico veterinário João Ari Gualberto Hill, e a agrônoma Simony Marta Bernardo Lugão. O tema será a produção sustentável de leite.

As inscrições para os eventos promovidos pelo IDR-Paraná podem ser feitas pela internet, através deste LINK.

Reportagem: Roberto Monteiro